O segredo para dizer não sem ser agressiva, é dizer “não” com o mesmo cuidado e respeito que eu digo “sim” para a outra pessoa.

Partindo do desejo de cuidar de coisas importantes, e não de apenas impedir coisas que eu não quero.

 

1. Legitime as necessidades da outra pessoa

Reconhecer e valorizar as necessidades dos outros é mais importante do que sair querendo atendê-las sem considerar as suas.

A outra pessoa está te pedindo algo porque tem necessidades. O pedido pode não ser razoável, mas as necessidades são legítimas. Expresse que você as compreende.

 

2. Expresse seu interesse pelo bem comum

Deixe claro que você não está pensando apenas nos seus interesses. Expresse sua intenção de gerar benefício mútuo.

Lembre-se, você não quer vencer. Você quer melhorar a vida para todo mundo.

O que você imagina que todos gostariam de ver acontecendo?

 

3. Proteja o que é importante para você

Por trás do “não” que você diz à outra pessoa, existe um “sim” para as suas necessidades.

Do que você está tentando cuidar ao dizer não?

Perceba e valorize suas necessidades. Ao negligenciá-las você consome o seu potencial de cuidar dos outros.

 

4. Estratégia que contemple as necessidades de todos

Não queremos estratégias que atendam a necessidade de uma pessoa, em detrimento da outra.

Com criatividade e compaixão, novas estratégias que contemplem a todos podem ser propostas.

Como você pode contribuir com a outra pessoa, cuidando do que é importante para você?

 

Exemplo 1

PEDIDO: Você pode me ajudar com a mudança amanhã?

  1. Imagino que esteja sendo pesado para você fazer a mudança sozinha.
  2. Gostaria de te ajudar de alguma forma.
  3. Acontece que quero cuidar dos meus filhos neste final de semana. É o momento que temos para ficar juntos.
  4. Conheço uma pessoa de confiança que pode te ajudar, posso entrar em contato com ela. O que acha?

 

Exemplo 2

PEDIDO: Faça a apresentação do jeito que estou mandando, é melhor.

  1. Vejo que você gostaria que a apresentação fosse bem sucedida, e que você quer cuidar desse cliente.
  2. Eu também quero que o cliente sinta-se satisfeito, que saia daqui com o contrato assinado.
  3. E gostaria que o trabalho acontecesse colaborativamente. Penso que minhas sugestões também podem contribuir para a apresentação.
  4. Poderia dedicar 10 minutos para eu te explicar melhor minhas ideias?

 

Exemplo 3

PEDIDO: [Alguém gritando com você]

  1. Pelo seu tom de voz percebo que você precise dizer coisas muito importantes.
  2. Eu quero te escutar, que tenhamos uma boa conversa e que possamos nos entender.
  3. Para isso, preciso me sentir segura de que serei respeitada e escutada também.
  4. Podemos fazer uma pausa e continuar a conversa em alguns minutos?

 

*Essas dicas só valem a pena para os relacionamentos que você quer cultivar (mesmo). Em situações que consideramos não valer a pena, dificilmente iremos nos dar todo o trabalho.

Importante lembrar que dizer “não” de forma respeitosa para as pessoas envolve respeitar o “não” delas também.

E você? Também encara desafios ao dizer “não” para algumas pessoas?

 

Acesse esse post no Instagram!

Juliana Matsuoka
Últimos posts por Juliana Matsuoka (exibir todos)
Share This