“No momento em que qualquer um dos lados se vê criticado, diagnosticado ou intelectualmente interpretado, sua energia se volta para a tentativa de se defender e de contra-atacar, não para encontrar soluções que atendam às necessidades de todos.”

Marshall Rosenberg, em seu livro, Vivendo a Comunicação Não Violenta

 

“Há apenas uma maneira de não receber críticas: não faça nada, não diga nada, não seja nada.”

Elbert Hubbard

 

Como receber uma crítica sem se ofender?

 

1) Não responda imediatamente

De imediato, não se defenda, não se feche, não se justifique.

Mas também não se submeta, não obedeça, não saia querendo resolver o problema atendendo todos os desejos da pessoa que faz a crítica.

Regule seus instintos defensivos. Se não há riscos imediatos à vida ou à direitos fundamentais das pessoas envolvidas, faça uma pausa para ser capaz de enxergar a situação por um ponto de vista mais alto.

 

2) Converse

É possível dialogar com a pessoa que fez a crítica?

Se sim, faça perguntas que ajudem a “desembrulhar” a crítica, e encontrar a mensagem preciosa que existe dentro dela.

 

3) Empatia

Se não for possível dialogar, faça hipóteses sobre as necessidades e os pedidos da outra pessoa.

Traduza a crítica em necessidades e pedidos:

Do que essa pessoa está tentando cuidar?
O que ela está tentando proteger?
O que é importante para ela?

Qual o pedido por trás da crítica?
O que ela gostaria de ver acontecendo?

 

Busque as razões pelas quais você sentiu desconforto ao escutar aquela crítica.

O que estou tentando proteger?
Do que tenho medo?

 

4) Aprenda

Todos nós precisamos dos olhares de outras pessoas para nos ajudar a enxergar além das nossas perspectivas.

As críticas podem carregar mensagens importantes que iluminam nossos pontos cegos.

“Tudo o que você procura e percebe arranja um jeito de comprovar qualquer coisa em que você acredite.”

 

Pince as informações novas que aquela crítica te trouxe.

Que informações tenho agora, que não tinha antes?

 

5) Filtre

De tudo que escutei, o que quero guardar, e o que quero descartar?

 

6) Cuide de você

Se você está recebendo uma crítica de alguém que parece ter a intenção de te ferir, e não existe a possibilidade de um diálogo, determine os limites que cuidam de você e que te ajudam a se manter alinhada aos seus valores.

Lembre-se que, quando uma pessoa te critica, ela não fala sobre você. Ela fala sobre o que ela precisa, sobre o que ela sente e sobre as expectativas dela.

Os julgamentos dela pertencem a ela, e não a você.

 

Segue um vídeo da Djamila Ribeiro que me inspirou a lidar com as críticas de uma forma mais leve:

 

Veja este post no Instagram!

Juliana Matsuoka
Últimos posts por Juliana Matsuoka (exibir todos)
Share This